Segunda Lei das Ordens do Amor: Ordem ou Hierarquia

Essa lei mostra nosso lugar no mundo, e que esse lugar nos é dado no momento em que chegamos aqui, no momento tomamos a vida através dos nossos pais. Para explicar, verifique, qual é o seu lugar na sua família de origem? Você é o primeiro filho, o segundo, o caçula? Esse é seu lugar!

Tudo tem seu lugar

Primeiro você é filho dos seus pais, eles vieram primeiro, são os grandes! E, em relação aos irmãos também temos o nosso lugar de acordo com nossa chegada nesse mundo, nesse sistema. Essa lei quando violada também traz muitas consequências para o clã familiar, se um irmão mais novo quer tomar o lugar do irmão mais velho, pois se acha melhor, mais inteligente, mais capacitado, ficará fora de ordem e pagará um preço. Se eu me caso com um homem que já teve outro relacionamento e me coloco melhor, mais importante, nessa arrogância, estabeleço uma desordem e terá um preço, o qual, muitas vezes, será uma filha dessa nova relação, por exemplo, que se identificará com a primeira mulher do seu pai, reivindicando o lugar desta primeira parceira. Como isso pode acontecer? Essa filha pode fazer sintomas, e quando colocamos a constelação é mostrado qual é a dinâmica e a possível solução, a qual é dar a essa mulher que veio primeiro na vida deste homem o seu lugar, e este homem agradece no seu coração a essa mulher por tudo como foi, e essa nova esposa então, pode assumir o seu lugar, daquela que veio depois, e que só pode estar ali agora, pois a parceira anterior permitiu, quando liberou esse homem. Lembrando, que cada caso é um caso! Aqui estamos apresentando somente exemplos, afim de facilitar a compreensão.

 

Será que eu respeito a Lei das Ordens?

 

De acordo com os ensinamentos de Bert Hellinger, quem não sabe seu lugar na sua família, no seu sistema, não encontra seu lugar no mundo! E isso se reflete em todos os aspectos da nossa vida, desde relações de amizade ao trabalho, entre outros.
Portanto, a postura que devemos ter, é de sempre respeitar o nosso lugar de chegada no sistema familiar ao qual pertencemos, assim como na empresa que trabalhamos, com as relações afetivas, amigos, etc. Isso nos trará mais força para seguir na vida com mais leveza e nos permitimos assim, ter sucesso.

 

Quer saber se você respeita a Lei da Ordem? Então, respondas as questões abaixo e tire suas conclusões:

1. Consegue olhar com respeito para aqueles que vieram antes de você na sua família? Ou fica somente no julgamento de seus comportamentos ou atitudes negativas? 

2. Toma partido em relação aos seus pais, ficando a favor de um e contra o outro?

3. Vê seu pai ou sua mãe como menores ou fracos, incapazes de resolverem seus problemas, chegando ao ponto de querer resolver por eles, mesmo quando não lhe pedem ajuda? 4. Em relação aos irmãos, se os tem, acredita ser mais importante, tendo mais direitos que eles?

5. Assume para si o papel de seus pais em relação a ajudar um irmão mais novo? Se percebe mais “capacitado” que seus pais?

6. Julga-se mais importante do que os filhos do primeiro casamento do seu marido ou esposa?

7. No trabalho, olha com respeito para os que vieram antes de você? Reconhece a importância deles na empresa, do quanto contribuíram e contribuem?

8. Tem dificuldade de relacionamento com quem está acima de você hierarquicamente no trabalho, na empresa?

 

“Muita gente julga que o amor tem o poder de superar tudo, que é preciso
apenas amar bastante e tudo ficará bem. (…). Para que o amor dê certo, é
preciso que exista alguma outra coisa ao lado dele. É necessário que haja o
conhecimento e o reconhecimento de uma ordem oculta do amor. ”

Bert Hellinger

Adriani L Buche